Psicoterapia: quando e porque iniciar

Psicoterapia: quando e porque iniciar

Certo dia você acorda e não se sente bem. Pode ser um pouco de tontura, um pequeno inchaço, um começo de gripe, uma dor de dente.
Num primeiro momento você vai tentar resolver com a experiência e conhecimento que você tem sobre esses incômodos.
Se o mal-estar não for embora você, sem maior dificuldade você considera procurar um médico ou um dentista para ver como ele pode te ajudar a restaurar o seu bem estar.
Certo dia você acorda e não quer levantar-se. Pode ser uma sensação de desânimo, de vergonha por uma confusão que você criou, mais uma vez, no dia anterior, pode ser porque você está sentindo muito medo e tem ficado muito tenso mas não sabe bem por que, pode ser porque você acha que não sabe nada e não consegue encontrar uma boa solução para o problema que o chefe pediu para você resolver.
Num primeiro momento você acha que vai passar, afinal todo mundo sente isso. Mas não passa e você considera que a vida é assim mesmo. O jeito é tocar da forma que dá.

Mas você tem que saber que há profissionais que estudam a vida toda para entender justamente porque esse mal-estar acontece. Psicólogos e psicanalistas se dedicam a ouvir e buscar, junto com o interessado, formas menos penosas de tocar a vida.

Eva Wongtschowski psicanalista

Sem Comentários

Deixe um Comentário