Como esperar a chegada do bebê? 10 dicas para o pai

Como esperar a chegada do bebê? 10 dicas para o pai

Algumas dicas podem ajudar o pai a mergulhar no universo da paternidade:

1- Participe da escolha da equipe obstétrica.
Existem equipes médicas mais intervencionistas para quem o nascimento por  cesariana é quase inquestionável. Outras equipes levantam a bandeira do naturalismo e da não intervenção. Temos ainda equipes que apostam no parto normal e exercem um intervencionismo criterioso. A presença do pai na escolha da equipe médica é importante para afinar escolhas e preferências.

2- Acompanhe sua mulher nas consultas e nos exames pré-natais.
É importante construir um laço de confiança com a equipe que estará com vocês no processo de nascimento. Se não puder estar presente em todas as consultas e exames, tente participar de pelo menos algumas, e mantenha-se atualizada sobre a evolução da gestação e o desenvolvimento de seu filho (a).

3- Participe de um curso durante a gestação de seu filho(a)
Existem cursos em que os futuros pais são colocados no lugar de alunos! Há sempre muito conteúdo e muitos professores…Participe de um curso que mescle informação dosada e troca de experiências entre os participantes. Saiba mais sobre o Curso na Gestação do Gamp21.

4 – A sexualidade pode se expressar via ternura ou via erotismo.
A sexualidade não tem regras… além daquelas estabelecidas entre os parceiros. Na gestação alguns casais ficam com o erotismo à flor da pele enquanto outros se aproximam pela via da ternura. O mesmo casal, em diferentes momentos, pode se expressar de diferentes formas. Nem sempre a falta de interesse sexual é fruto do desinteresse pelo outro. Conversem.

5 – As alterações de humor de sua mulher passam.
Sim, elas passam. Por isso mesmo é importante que você continue em pé após cada pequeno ou grande vendaval. Na maioria das vezes a mulher percebe o exagero e é muito bom quando ela percebe que você continua próximo.

6 – A partir do quinto mês, seu filho ouve e reconhece a sua voz.
A simples convivência com a gestante faz com que a sua voz seja facilmente identificada pelo seu filho ainda em sala de parto, caso você decida entrar em sala de parto. Ou seja, você não precisa fazer nada que não tenha vontade de fazer como por ex. conversar com a barriga, se não fizer sentido a você.

7 – Participe da escolha das roupas e da mobília do quarto do bebê.
Alguns homens tornam-se experts em carrinhos de bebês e afins. Se esse não é o seu caso decida com a sua mulher algumas linhas gerais como cores,  comodidade e o orçamento disponível.

8 – Participe da escolha do nome de seu filho(a).
Pela lei brasileira os filhos herdam o sobrenome da linhagem paterna. Cabe a pai e mãe decidirem o nome da criança e a inclusão, ou não, do sobrenome materno. Sua participação é fundamental.

9 – Cuide da sua alimentação.
Na gestação, por motivos óbvios, a alimentação da mulher merece todos os cuidados. Aproveite para cuidar da sua alimentação também. Evite excessos.

10- Não deixe de sair com os seus amigos e praticar esportes.
As mulheres conversam muito sobre quase tudo com as amigas. É importante que o homem continue próximo dos amigos e cuidando de seu bem estar.

A gestação e o pós-parto costumam ser vividos de forma muito intensa pela mulher. As 10 dicas para o futuro pai visam uma aproximação com o universo materno e colaborar com o nascimento da paternidade.

Sem Comentários

Deixe um Comentário